Qual a importância dos pais e da escola no desenvolvimento cognitivo dos filhos?

O desenvolvimento cognitivo infantil representa a evolução da criança no processamento das informações no cérebro. Ou seja, à medida que cresce, ela vai se tornando mais capaz de adquirir, fixar e utilizar conhecimentos nas situações do seu dia a dia.

É possível perceber um profundo desenvolvimento durante a primeira infância (do nascimento aos 6 anos de idade). Afinal, aquele bebê que, basicamente, só se comunicava por meio do choro, passa a dominar a linguagem, resolver problemas cotidianos e expressar cada vez mais inteligência.

Ao longo da vida, as crianças e os adolescentes (e também os adultos) continuam aumentando suas capacidades cognitivas. E, nesse processo, a educação é fundamental — sempre integrada com a família. Para saber mais sobre isso, que tal conversarmos sobre a importância dos pais e da escola no desenvolvimento dos estudantes?

Qual é a importância da parceria entre escola e família?

Colocar os filhos em uma instituição de educação não é o suficiente para garantir um bom desenvolvimento cognitivo para eles. Assim como a família não consegue educar uma criança sozinha, a escola também não pode fazer isso. Ou seja, o melhor caminho é sempre uma relação próxima entre as duas. Isso é importante para gerar uma série de benefícios — conheça-os a seguir.

Sensação de segurança

Um adulto pode ver o primeiro dia de aula como algo natural, mas, para a criança (e para muitos pais) a adaptação é um grande desafio. Basta pensar que ela ficava no conforto e na segurança da convivência em casa com os familiares e passa a frequentar um espaço com várias pessoas que até então ela não conhecia.

Para sentir que o ambiente escolar será bom para ele, seu filho precisa que você e a equipe educacional passem confiança. Dessa forma, ele estará aberto às novas experiências, sabendo que pode contar com vocês diante das dificuldades que surgirem.

Nesse sentido, a parceria é fundamental para o desenvolvimento cognitivo das crianças, pois com o sentimento de segurança e confiança nos adultos, ela aprende melhor. Se estiver em um lugar onde não se sinta bem ou ache que os pais não confiam o suficiente, é provável que ela enfrente obstáculos na aprendizagem e na socialização.

Maior rendimento nos estudos

Outro fator que colabora com a evolução cognitiva do seu filho é o apoio que a família dá à aprendizagem. Isso pode ser feito de várias formas, como acompanhar as atividades escolares, trocar informações com os professores frequentemente, ter um tempo em casa para estudar com a criança etc.

Todas essas são ações que demonstram para seu filho que você e a escola dele estão trabalhando juntos para que ele cresça e aprenda cada vez mais. Além disso, ele não se sente sozinho diante do desafio de entender problemas mais complexos, pois pode contar com a sua ajuda.

Identificação precoce de dificuldades

Quando os pais e a escola são parceiros no processo de aprendizagem, é muito mais fácil perceber se algo não está indo bem. Isto é, quem acompanha de perto a criança vai notar se o rendimento nos estudos cair, se ela apresentar resistência a ir para a aula ou se não quiser fazer determinadas atividades.

Essas mudanças no comportamento podem significar dificuldades de ordem emocional ou cognitiva. Pode acontecer, por exemplo, do seu filho ter algum conflito com colegas, estar tendo menor desempenho no estudo por conta de alguma preocupação emocional ou mesmo enfrentar um transtorno de aprendizagem. Seja o que for, vocês vão poder avaliar desde cedo e ajudá-lo a superar.

Como colaborar para o desenvolvimento cognitivo das crianças?

Agora que já falamos sobre a importância da parceria entre escola e família para a aprendizagem do seu filho, chegou a hora de sabermos como isso pode acontecer. Veja algumas dicas!

Escolher uma boa escola

O primeiro passo é descobrir como escolher a melhor instituição para matricular o seu filho. Isso nem sempre é simples, já que são muitas as opções e avaliar todas elas requer bastante atenção. Nossa orientação é começar pensando no que você considera importante para a educação da criança. A partir daí, pesquise escolas que tenham os mesmos valores.

Já que estamos falando sobre parceria, não deixe de verificar a abertura que a instituição dá à participação dos pais no cotidiano de estudos. Afinal, realizar reuniões pouco frequentes e apenas com o objetivo de mostrar notas ou cobrar resultados não é uma relação de parceria. Por isso, procure conhecer os diferenciais da escola nesse ponto.

Ter confiança na equipe pedagógica

A partir do momento em que você escolher uma instituição para realizar a matrícula, é fundamental confiar nos funcionários e no projeto pedagógico dela. Como já falamos, isso contribuiu muito para a adaptação do seu filho. Então, opte pela escola que mais lhe passar acolhimento e segurança.

Sempre que for necessário, procure a equipe pedagógica para trocar informações, pedir ajuda, solicitar dicas de estudos ou apenas conversar sobre o desenvolvimento cognitivo do seu filho. Valorize o trabalho de toda a equipe. Eles têm dados valiosos para passar para a família — assim como você tem muito para falar com eles.

Acompanhar de perto o aprendizado do seu filho

Por fim, os pais podem colaborar muito para a evolução da criança quando estão disponíveis para realizar um acompanhamento pedagógico. Seu filho vai levar atividades para fazer em casa e, muitas vezes, também vai precisar de ajuda para estudar para provas ou reforçar um aprendizado mais difícil.

Nem sempre você vai dominar o conteúdo para ensiná-lo, mas isso não é necessário. É possível pedir ajuda para um familiar que saiba o assunto ou mesmo contratar um reforço escolar. O importante é demonstrar estar atento à aprendizagem da criança e acompanhar de perto seus estudos.

Os pais e a escola são muito importantes no desenvolvimento cognitivo das crianças. Cada um contribui em aspectos fundamentais e, quando trabalham em parceria, a evolução se dá de forma mais rápida e eficiente. E o melhor: seu filho também se desenvolve emocionalmente, se sentindo apoiado e amado por você!

Este artigo foi útil para entender melhor como se dá o processo de aprendizagem? Queremos ajudar ainda mais! Assine a newsletter do blog e acompanha nossos conteúdos em primeira mão!