Saiba como ajudar seu filho a superar os desafios da alfabetização

A fase de alfabetização da criança é um período muito importante para toda a família. É um período também em que surgem muitas dúvidas sobre como ajudar os pequenos a superarem os desafios da alfabetização.

Nesse momento, o convívio em família e o incentivo à leitura vão contribuir bastante para o aprendizado das crianças. Além disso, um jeito natural de contribuir para que a criança vivencie o mundo das letras é fazer do ambiente de convivência um espaço para a leitura e a escrita.

Para isso, separamos 7 dicas para os pais criarem um ambiente em casa que ajude o filho a passar mais facilmente por esse processo de alfabetização. Afinal, vencer os desafios dessa etapa é fundamental para que a criança tenha sucesso nas próximas fases do aprendizado.

1. Seja um exemplo de leitor

Essa é uma das primeiras atitudes que os pais devem tomar. Afinal, a criança forma valores a partir de bons exemplos. Por isso, ter pais leitores é fundamental para o filho tomar gosto pela leitura, o que certamente contribuirá para a sua alfabetização.

2. Leia em voz alta para seu filho

Quanto mais contato a criança tiver com as letras, maior será seu interesse em aprender a ler. Por isso, é importante a família praticar diariamente a leitura em voz alta. Sendo assim, leia para a criança todos os dias poesias, narrativas, contos de fadas, parlendas…. Faça desse momento um tempo precioso com seu filho. Para isso, introduza o hábito de ler aos poucos de forma divertida e prazerosa.

Leia mais de uma vez o mesmo livro. Isso é importante para que a criança comece a recontar a história, no papel de leitora.

E, se a criança já deu seus primeiros passos na leitura, uma dica valiosa é você ler uma página do livro e ela a outra. Desta forma, você ajuda seu filho nas palavras em que ele tem dificuldade e acompanha sua evolução na leitura. Ao final do livro, conversem sobre a história. Pergunte se ele gostou, se indicaria o livro para algum um amigo. E, assim, os pequenos vão interpretando o conteúdo dos livros naturalmente!

3. Crie o alfabeto móvel

Isso mesmo! É superdivertido e muito significativo para o processo de alfabetização. Pegue algumas cartolinas ou outro papel mais duro, escreva as letras do alfabeto em maiúscula, recorte as letras e distribua-as em uma caixa de ovos ou em uma mesa. A ideia é facilitar a visualização e localização das letras. Uma dica é fazer no mínimo dois alfabetos para os casos de repetição de letras.

Depois, brinque com seu filho de criar palavras como, por exemplo: bola, pipoca, cama, sapato, bolo etc. Mostre o desenho ou o objeto e peça para ele procurar as letras que acha que compõe cada sílaba. Isso pode ser feito de forma bem descontraída e divertida. A intenção não é que ele acerte tudo, mas sim que associe o som à sílaba.

4. Explore os espaços públicos

Os espaços públicos oferecem uma infinidade de possibilidades alfabetizantes! Placas de trânsito, destino de ônibus, outdoors, letreiros, panfletos, faixas…. Enfim, os pequenos estão imersos em um mundo letrado e é ótimo que os diferentes elementos sejam aproveitados por eles.

Para isso, explorem esses espaços com seu filho brincando com as letras, com as palavras, com a escrita e a leitura. “Filho, olha aquele outdoor. Você sabe com qual letra aquela palavra maior começa?” “Isso mesmo é um “P” e está escrito PIPOCA”.

E, assim, por meio dessas situações a criança irá perceber as diferentes funções da escrita e fazer associações.

5. Cozinha com letras

A cozinha é um ambiente de muita aprendizagem e diversão. Ao preparar as refeições, leia os rótulos das embalagens e as marcas dos eletrodomésticos junto com seu filho. Na maioria dos casos, estes são escritos em CAIXA ALTA, que é justamente o tipo que a criança assimila antes da letra cursiva. Aproveite e escreva uma receita de bolo com seu filho. É uma ótima oportunidade para inserir a escrita das letras e dos numerais.

6. Respeite o tempo da criança

Compreender o ritmo da criança é um dos pontos principais no processo de alfabetização. Por isso, os pais precisam ter paciência e compreensão redobradas.

Ouça com atenção o que o seu filho tem a dizer. Não minimize os sentimentos dele. Não o compare com outros coleguinhas de sala. Demostre afeto, carinho e seja um apoio no que ele precisar.

7. Acompanhe a alfabetização do seu filho

Para isso, mantenha contato com o professor do seu filho para se informar, fazer perguntas e obter mais orientações. Grupos de pais também é uma boa maneira de buscar apoio e dicas para ajudar ao seu filho a vencer os desafios da alfabetização de forma tranquila e natural.

Com essas dicas, esperamos ter conseguido ajudá-lo a criar ambientes alfabetizadores que contribuem para que seu filho tenha mais intimidade com a língua escrita e, dessa forma, encontre menos dificuldade para ler e escrever.

 Gostou do nosso artigo sobre como ajudar seu filho a superar os desafios da alfabetização? Então, clique aqui e assista a este vídeo com mais algumas dicas de brincadeiras legais para ajudar na alfabetização das crianças!

Tags: