Projeto da unidade Betim promove reflexão sobre como seria um mundo governado por crianças

Já imaginou se os adultos resolvessem tirar férias e as crianças ficassem tomando conta de tudo no mundo? Sem dúvida, tudo por aqui ficaria mais leve, colorido e descomplicado. O amor prevaleceria, não haveria desigualdade, preconceito, e a maldade não teria vez.

Os estudantes da Educação Infantil da unidade Betim do Colégio Batista Mineiro puderam fazer uma viagem a esse planeta governado pelos pequenos a partir da leitura da obra “Se criança governasse o mundo…”, do autor Marcelo Xavier. O livro provoca reflexão acerca da realidade e, dessa forma, apresenta a visão política, econômica e social da criança, que vê incoerências, descompassos e injustiças.

Após a leitura da obra, os estudantes do 2º período conversaram sobre quais foram os problemas focalizados no livro que mais entristecem as crianças do mundo. Esse momento, conduzido pelo professor Carlos Alberto Bastani, foi bastante importante para compreender o ponto de vista dos pequenos. A partir daí, surgiu nos estudantes o desejo de descomplicar, apontando alternativas dentro de suas lógicas – espontâneas, sinceras e poéticas, valorizando as pequenas ações.

O livro abriu espaço ainda para a busca de informações sobre várias questões. Entre tantos assuntos, a criançada procurou se informar mais sobre as formas de governo, as eleições, o comportamento da sociedade moderna, a economia, entre outros. De acordo com Carlos Alberto, a atividade foi de muito aprendizado não só para os estudantes. “Foi um momento muito enriquecedor para mim. Para um professor que está com suas aulas voltadas especialmente para o Ensino Médio, poder trabalhar a temática abordada pelo livro com os alunos do 2º período foi, ao mesmo tempo, um desafio e uma deliciosa sensação do dever cumprido. Foi muito gratificante vê-los interagindo e discutindo, ao seu modo, fazendo suas colocações, expondo suas dúvidas e colocando o seu entendimento sobre o que o livro aborda. Que esse trabalho possa ajudar para a formação de uma geração consciente e de um país mais justo “, destacou o professor.

Autor visita a unidade e interage com as crianças

Escritor, artista plástico, cenógrafo, figurinista, autor do livro “Se criança governasse o mundo…” e de diversas obras do gênero infantil: este amplo currículo pertence a um mineiro da cidade de Ipanema, Marcelo Xavier.

Nesta semana, ele esteve na unidade Betim para um bate-papo divertido com as crianças, e não faltou criatividade para sugestões de propostas para o fantástico mundo governado por elas. Foi um momento lúdico de aprendizado para guardar na memória.

Solidariedade

Praticar a solidariedade também é essencial para a construção de um mundo melhor para se viver. Por isso, durante o projeto, os estudantes arrecadaram brinquedos que foram doados para as crianças em situação de vulnerabilidade social da unidade Nova Contagem do Colégio Batista Mineiro.

Tags: