Programa da Polícia Militar forma mais de 200 estudantes da unidade Floresta

Construir um mundo no qual crianças e adolescentes de todos os lugares e classes sociais estejam capacitados para respeitar os outros e onde possam conduzir suas vidas de maneira segura e saudável. Este é um dos objetivos do Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd). Em conformidade com a sua missão de ofertar educação integral e fomentar os valores éticos e morais na formação do caráter, o Colégio Batista Mineiro, em parceria com a Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG), executa este projeto há 18 anos.

No último dia 4 de julho, cerca de 244 estudantes do 5º ano concluíram com êxito mais uma edição do Proerd. Após três meses de atividades educacionais em sala de aula, ministradas pelo Cabo Bruno Torquetti Moraes, eles receberam, durante cerimônia de formatura realizada na Igreja Batista da Lagoinha, o certificado de conclusão do curso.

Ao todo, estudantes de seis instituições públicas e privadas da capital mineira participaram da celebração, além de diretores, professores, pais e responsáveis. Durante o evento, foram realizadas diversas apresentações artísticas. Em uma delas, o estudante do Colégio Batista, Pedro Paulo Gangana, emocionou os convidados ao reproduzir a música “Sonda-me”, de Aline Barros, nas cordas do seu violino.

Como forma de encerramento das atividades do Programa, os conhecimentos adquiridos ao longo de todo o curso foram externados por meio de um concurso de redação. Dez estudantes do Batista foram premiados pelos seus textos, que contaram com palavras de gratidão e confirmação que o Proerd cumpriu com o objetivo de desenvolver habilidades que lhes permitam fazer escolhas seguras e responsáveis na autocondução de suas vidas.

As drogas estão presentes no cotidiano dos jovens brasileiros, e a escola, por ser um ambiente privilegiado para a reflexão e formação de valores éticos e morais, tem, junto com os pais, um papel fundamental na prevenção desse mal. A coordenadora do 5º ano da unidade Floresta, Claudinely Vieira, falou da importância do projeto que já é desenvolvido há quase duas décadas: “A gente não abre mão desse programa. Nós temos também um feedback muito positivo dos pais. Alguns já nos relataram, inclusive, que por cobrança dos filhos abandonaram algum tipo de vício. A abordagem do Proerd realizada aqui no Batista é diferente da realizada em escolas que estão inseridas num contexto social diferente. Aqui o assunto é tratado de forma preventiva, mostrando o que são e quais são os tipos de drogas. Os instrutores dão muita ênfase aos malefícios da aquisição desse tipo de vício”, destacou.

O programa
O Proerd é uma adaptação brasileira do norte-americano Drug Abuse Resistance Education (DARE), criado em 1983. Por meio de atividades em sala de aula, um policial militar devidamente capacitado fornece aos estudantes as estratégias adequadas para se tornarem bons cidadãos, resistir à oferta de drogas e ao apelo da violência. Com ações direcionadas a toda a comunidade escolar e aos pais/responsáveis, o Proerd também promove a inclusão da família no processo educacional e de prevenção.

O Colégio Batista Mineiro sente-se honrado em receber este projeto, uma vez que proporciona um diálogo permanente entre escola, Polícia Militar e família na discussão de questões inerentes à formação cidadã de nossas crianças.

Clique aqui para conferir mais fotos da cerimônia.

 

Tags: