Com cuidado e agilidade, em uma sala, vários estudantes faziam massagens cardíacas. Enquanto isso, outros comandavam um controlador de tráfego aéreo, mostrando que o talento deles mesmo é pilotar aeronaves. Combinar alimentação saudável com sabor? Essa tarefa foi dada aos futuros chefs de cozinha! Tudo isso e muito mais ocorreu no Encontro Batista de Orientação Profissional (Ebop) 2018, realizado na unidade Floresta do Colégio Batista Mineiro, no último 1º de setembro.

O evento é mostra interativa de profissões destinada aos estudantes do 9º ano e do Ensino Médio. O objetivo é ajudá-los a fazer uma das escolhas mais importantes e difíceis da vida: a carreira profissional que irão seguir. Isso tem sido possível graças à oportunidade que eles têm de conhecer a realidade de dezenas de profissões de forma interativa. Ao todo, cerca de 20 entidades, entre universidades, faculdades e escolas preparatórias, participaram do evento trazendo oficinas, simulações, stands, palestras e aulas demonstrativas do universo da moda à robótica, passando por carreiras como militar e aeronáutica, dentre muitas outras.

Os irmãos gêmeos Leonardo e Lucas Ferreira Abdo, do 9º ano, por exemplo, disseram que o Ebop os ajudou a despertar para uma profissão. “Gostamos de conhecer mais sobre a fisioterapia esportiva”, contou Leonardo. A dupla foi ao evento acompanhada pelos pais, Geraldo e Débora Abdo. “Acho muito importante isso que o Colégio faz. Ajuda muito os estudantes”, disse Geraldo. “Acredito que é um evento muito bom para eles serem mais assertivos na escolha das carreiras. Na minha geração, a gente não tinha uma oportunidade como essa de poder experimentar antes para depois escolher a profissão”, destacou, por sua vez, Débora.

Ana Luiza Guimarães e Anna Clara Ventura, da 3ª série do Ensino Médio, também aprovaram a iniciativa. “O Ebop me ajudou a ter certeza de que Medicina é a graduação que quero fazer. Sempre adorei a área da saúde. Acho lindo o trabalho feito nesta área, e o Ebop me trouxe mais conhecimento e tirou dúvidas sobre a profissão de médico”, compartilhou Ana Luiza. Assim como ela, Anna Clara deseja prosseguir os estudos no campo das Ciências. “Quero fazer Biologia. Sempre fui muito curiosa sobre o funcionamento do corpo, e quero atuar como professora de Biologia. Acredito que o professor é uma esperança para o Brasil”, afirmou a estudante.

Tags: