10 jogos para brincar com a família inteira

Durante as férias ou mesmo no fim de semana, desligar os aparelhos eletrônicos durante uma parte do dia para dedicar tempo à família é muito divertido e prazeroso. Fazer atividades em conjunto não só ajuda na união de todos como, de bônus, ainda tira os filhos da frente das telinhas por algumas horas. Pois saiba: os jogos para a família são ótimos recursos para esses momentos.

Neste post, preparamos uma lista com 11 jogos de tabuleiro e brincadeiras para se fazer em família e ter uma tarde bem divertida! Ficou interessado? Então acompanhe a leitura!

1. Banco Imobiliário

Velho conhecido e queridinho de muita gente, o Banco Imobiliário é um dos jogos de tabuleiro mais antigos do mundo. Para você ter uma ideia, ele chegou ao Brasil na década de 1960!

São permitidos de 2 a 6 jogadores e ganha aquele que terminar com mais dinheiro por meio da compra, venda e aluguel de imóveis. Garante momentos de muita diversão em família, além de trabalhar a habilidade financeira de crianças e jovens.

2. Jogo da Vida

Essa é outra categoria de jogo de tabuleiro que fez parte da infância de muita gente. Mas não se engane, porque o Jogo da Vida continua bem atual, viu? Trata-se de uma espécie de mapa a ser percorrido por 2 a 8 pessoas, que guiam seus carros por diversas atividades.

Basta girar a roleta e andar o número indicado para saber o que vai acontecer: os jogadores podem ter filhos, casar, achar uma mina de ouro ou fazer um cruzeiro, por exemplo. É um ótimo passatempo e ajuda as crianças a verem como é ser adulto, com responsabilidades e ações que guiam nossas vidas!

3. Perfil

Indo para um lado mais intelectual, Perfil é o jogo perfeito para testar os conhecimentos da família. Nele, de 2 a 6 participantes tentam acertar a pessoa, o lugar, a coisa ou o ano de quem tem a carta. Cada carta pode dar até 20 dicas, e cada jogador, na sua vez, tem o direito de tentar acertar. Ganha quem chegar primeiro no fim. É um jogo ótimo para aprender coisas novas e se divertir!

4. Ludo

Clássico dos clássicos, Ludo é daqueles jogos esquecidos no fundo de alguma prateleira na casa de boa parte das famílias. Nele, cada jogador escolhe uma cor e tem como objetivo sair com sua peça da base e percorrer todo tabuleiro até chegar ao ponto final, marcado com a cor escolhida.

O número de casas a andar é determinado ao jogar o dado. No caminho, alguém pode cair na casa em que você está e comer sua peça, de forma a obrigá-lo a voltar para a base. Não tem tantas reviravoltas, mas é bem divertido!

5. Imagem & Ação

Você provavelmente já ouviu falar desse jogo que garante boas risadas, não é verdade? O Imagem & Ação testa a habilidade de desenho de alguns, a velocidade de adivinhação de outros e até a esperteza lógica dos jogadores.

Os participantes são divididos em até 4 equipes, cada um com seu desenhista. Essa pessoa tira uma carta que determina a palavra a ser adivinhada pelos demais, dentro de determinada categoria — ação, objeto, lazer, pessoa, lugar, animal. Dentro do tempo da ampulheta, a equipe tem que acertar. É o tipo de jogo perfeito para muitos participantes!

6. Quest

Outro jogo feito para testar os conhecimentos dos participantes e desenvolver conhecimentos gerais nas crianças, Quest tem o formato de perguntas e respostas sobre 6 temas: esporte e lazer, artes e entretenimento, mundo, ciência e tecnologia, variedades e, por fim, sociedade.

Cada jogador escolhe um tema e, na reta final, responde a perguntas de todas as categorias. Ganha aquele que chegar no fim marcado no tabuleiro. Existe até uma versão específica do jogo para famílias!

7. Adedanha

Também conhecida como stop, essa brincadeira testa os conhecimentos, a memória e a rapidez para escrever dos participantes. O melhor é que nem demanda muitos materiais, apenas papel e caneta, e pode ser jogado a partir de 2 pessoas.

Para começar, é preciso definir as categorias avaliadas, como nome, objeto, comida, parte do corpo humano e artista. Os jogadores estendem os dedos que, somados, determinam a letra inicial da rodada.

Os participantes devem preencher as categorias com palavras começadas pela letra sorteada. Quem terminar primeiro grita stop e os demais devem parar de escrever. É uma brincadeira ótima para estimular o pensamento rápido e ganha aquele que somar mais pontos.

8. Origami

Caso a ocasião ou o espaço não permita abrir um jogo na mesa, algumas folhas de papel já são o bastante. Fazer origamis explora a imaginação e a coordenação das crianças. Dá para fazer barquinho, avião, sapo, coração, borboleta, macaco, passarinho e por aí vai. Procure por tutoriais na internet para garantir algumas horas de entretenimento e aprendizado em família!

9. Corrida de algodão

Essa brincadeira não necessita de muita preparação nem de grandes espaços ou materiais difíceis de achar. Você só vai ter que providenciar canudinhos e algodão. A ideia é fazer uma corrida de bolinhas de algodão soprando pelos canudos. Ganha quem soprar mais forte e alcançar a linha de chegada. Simples, não?

10. Uno

Por ser um jogo de cartas, o Uno pode ser levado para qualquer lugar. Podem jogar de 2 a 10 participantes. Cada um recebe 7 cartas, que são descartadas de acordo com a cor que está no monte das que sobraram. O objetivo é zerar as cartas na mão.

O detalhe é que o baralho pode ditar ações específicas, seja para fazer o próximo jogador receber mais cartas, inverter a ordem das jogadas ou mesmo pular a vez de quem jogaria a seguir, tudo para atrapalhar os demais de chegarem ao objetivo final. É um jogo portátil bem divertido e estimula o pensamento estratégico na hora de jogar as cartas!

Com esses 11 jogos para a família, você não tem mais desculpa para não desligar os eletrônicos e passar um tempo de qualidade com os filhos. Basta escolher algum e começar logo a diversão!

Gostou da nossa lista de brincadeiras e jogos para a família? Que tal compartilhá-la em suas redes sociais para repassar as dicas para seus amigos?