Estudante nota 1000 na redação do Enem dá dicas para a prova

Sim! Início de ano já é tempo de pensar no Enem. E quem está por dentro do assunto sabe que fazer uma boa redação é primordial para tirar uma pontuação alta no exame e, assim, ter mais chances de ingressar naquele tão desejado curso superior. Bárbara Vicentini, ex-estudante do Colégio Batista Mineiro, faz parte do restrito grupo de 55 estudantes, entre mais de 4 milhões, que conseguiram obter nota máxima na redação em 2018. A pontuação foi essencial para que a jovem conseguisse realizar o sonho de entrar, neste ano, no curso de Medicina de uma universidade federal. O segredo – ou melhor, os segredos – do êxito ela revelou para nós. Confira!

Treine bastante
“A dica mais importante de todas é fazer muito treino. É essencial treinar a escrita com frequência e estar atento às técnicas e competências do gênero textual cobrado no Enem”, destaca Bárbara. Dessa forma, o estudante acabará criando mais intimidade com o mundo das letras. “Eu mesma não tinha tanta habilidade em fazer redação. Mas, durante todo o ano passado, tive aulas semanais de redação no Colégio Batista, nas quais eram passados temas de redação como tarefa. A professora de redação me ajudou muito corrigindo meus textos e mostrando em que eu deveria melhorar. Além das tarefas escolares, fazia no mínimo uma redação por semana”, conta.

Leia e construa repertório
A leitura irá ajudar o estudante a construir um repertório mais vasto, o que poderá embasar os argumentos que serão usados na redação. E a dica da Bárbara é ler todo tipo de texto, desde literatura a notícias jornalísticas. “É necessário estar sempre antenado com as atualidades do Brasil e do mundo, além de conseguir associar fatos históricos e pensamentos de filósofos e sociólogos a questões atuais. Eu usei, por exemplo, teorias da Escola de Frankfurt e do filósofo Theodor Adorno, além de dados estatísticos para provar os argumentos apresentados em minha tese”, lembra.

Pense nas soluções
Um erro recorrente é pensar apenas nos argumentos e dar pouca importância para a solução. “É importantíssimo propor uma solução cabível e viável. O Enem valoriza muito a solução que é dada para aquela situação-problema proposta pela prova de redação”, ressalta a estudante.

Saiba mais:

Estudante do Colégio Batista de Betim conquista nota 1000 na redação do Enem

Jornal Hoje em Dia – Mineiros dão a receita do sucesso para tirar nota mil na redação do Enem

Jornal Estado de Minas – Desempenho melhora no Enem

Jornal O Tempo – Seis mineiros são nota 1.000 no Enem

Compreenda a proposta
Somente na última edição do Enem, mais de 112 mil participantes zeraram na prova de redação. O motivo? “A não compreensão completa do tema e dos textos de apoio talvez seja a maior causa desse problema. O desconhecimento acerca do gênero dissertativo cobrado no exame e até mesmo o nervosismo naquele momento são aspectos que também devem ser considerados”, avalia Bárbara. Sendo assim, a dica é ler atentamente a proposta, compreendê-la e se concentrar nela para construir o texto.

Não se desespere
Manter a calma é uma questão de estratégia para fazer uma boa redação. “O desespero na hora de fazer a prova tem feito com que muitos não consigam êxito. Então, o que me ajudou foi me lembrar de tudo que já tinha visto sobre o assunto e manter a calma”, frisa Bárbara. Então, respire fundo, tome uma água se for preciso e, depois, faça o seu melhor na redação!

Bárbara Vicentini foi estudante do Colégio Batista Mineiro
Tags: