O esgotamento emocional pode alterar a noção da realidade e levantar questionamentos sobre a identidade pessoal. Esse foi um dos grandes ensinamentos trazidos pelo Dr. Ismael Sobrinho durante a aula magna do curso de Teologia da Faculdade Batista, realizada em 22 de agosto.

Durante a aula, cujo tema foi “Esgotamento emocional”, Ismael, que é médico psiquiatra especializado em psicogeriatria, trouxe dados alarmantes de pesquisas feitas sobre a saúde emocional de líderes e pastores. Além de os dados mostrarem ser alto o índice de esgotamento emocional entre líderes ministeriais, uma pesquisa americana apontou que apenas 3% dos pastores pregam sobre saúde emocional nos púlpitos, contra 66% que falam sobre o assunto uma vez por ano, raramente ou nunca. “Precisamos falar mais sobre isso”, frisou o médico.

Para exemplificar o quanto é importante cuidar da saúde emocional, Dr. Ismael relembrou ainda o caso do profeta Elias, relatado no livro bíblico de 1 Reis. Conforme explicou o médico, é possível que Elias estivesse com esgotamento emocional quando pediu a Deus a própria morte. Baseado no relato bíblico, Dr. Ismael destacou alguns prováveis sinais evidentes em pessoas com esgotamento emocional. Um desses sinais é o isolamento. “A pessoa com esgotamento não quer pessoas por perto e perde a paciência com os outros”, disse. Outro sinal é o desejo de dar fim à própria vida. “O esgotado vai ‘tocando’ a vida. Ele começa a assistir maratonas de séries não porque gosta daquilo, mas porque quer fugir [das reflexões da vida]. Em geral, ele busca a fuga de alguma forma”, acrescentou. 

Segundo médico, há ainda outros sinais comuns de uma pessoa esgotada, como: dormir mal ou acordar muito de madrugada; ter problemas de memória recente; e ficar irritado com mais facilidade (não ter paciência com as pessoas).

Àqueles que identificaram em si esses sinais, Dr. Ismael recomendou que buscassem cuidar da saúde física, emocional e espiritual. “Perceba que Deus [em 1 Reis] faz primeiro com que Elias coma. Às vezes, a gente se encontra com esgotamento por falta de cuidado com corpo (físico). Precisamos comer melhor, praticar esportes e descansar”, orientou. 

“Também precisamos passar por processos de confissão. A Bíblia [em Tiago 5:16a] diz para confessarmos uns aos outros para sermos curados”, disse, ao relacionar a medida como uma solução para a parte emocional. Já sobre o cuidado com âmbito espiritual, Dr. Ismael destacou a importância de manter o relacionamento com Deus. “Deus se apresenta a Elias em um vento suave. Muitas vezes, queremos grandes manifestações de Deus, mas Ele está nas coisas simples também”, finalizou o médico.

Tags: