Escolher a escola onde os filhos vão estudar nem sempre é uma decisão fácil para os pais. Quem não se preocupa com a formação que é dada às crianças na escola? Por isso, deve-se pensar bem antes de escolher a instituição de ensino em que elas serão matriculadas.

Os valores praticados, transmitidos e, claro, ensinados nesse ambiente em que os pequenos passam boa parte do dia interferem, e muito, no seu desenvolvimento cultural e social, por exemplo. Isso porque as crianças percebem e absorvem — como uma esponja — tudo o que está ao seu redor: mínimas atitudes que passam despercebidas aos adultos são internalizadas como modelo por aqueles que estão em fase de desenvolvimento.

Acompanhe este artigo que preparamos sobre educação e valores na escola e saiba mais sobre a importância de escolher o melhor para o seu filho, pensando que o que se aprende na Instituição de Ensino deve ser uma extensão da vivência no ambiente familiar. Vamos lá?

Contexto social e familiar

Já é mais do que sabido que a nossa sociedade é conflituosa e altamente competitiva, mas pouco se tem feito para mudar esse cenário. Um indivíduo, para se destacar de forma positiva nesse contexto, precisa receber instrução e informações adequadas e, acima de tudo, estar disposto a aprender continuamente.

Quando se fala em formação integral, pensa-se na plenitude do ser humano: sua formação acadêmica e sua formação humana, ambas com o mesmo peso. Hoje, é preciso que a pessoa aprenda valores éticos e morais para constituir seu caráter, honradez e integridade, para ser capaz de contribuir para a construção de uma sociedade mais justa e igualitária.

Sendo assim, é fundamentalmente importante a escolha da instituição na qual seu filho será inserido. A sociedade moderna exige essa formação diferenciada, mas, ao mesmo tempo, impõe uma rotina tão atribulada que acaba dificultando a relação e o convívio entre pais e filhos.

Na maioria das vezes, o tempo que dedicamos às crianças em casa, depois de um dia exaustivo no trabalho, do trânsito pesado e das atribulações cotidianas, é reduzido — ainda mais se pensarmos que grande parte dele será dedicado ao acompanhamento ou à conferência das atividades escolares, não é mesmo? Cabe a pergunta: a que ponto renegamos a importante e necessária tarefa de transmitir valores e formar cidadãos preparados para atuar crítica e positivamente no espaço social?

Além de buscar proporcionar, em casa, momentos que permitam chamar a atenção dos pequenos para a transmissão de valores — seja na execução das tarefas diárias, seja no tratamento respeitoso entre os membros da família e em relação às demais pessoas que convivem com ela —, o que se pode fazer, nesse contexto, é optar por uma instituição educacional que ofereça a formação integral do indivíduo. Mas o que se deve levar em consideração para fazer uma escolha certeira?

Como escolher uma instituição de ensino

Não existe uma fórmula mágica para realizar essa escolha. O que funciona para uma família pode não ser adequado para outra, uma vez que há diversas instituições e por isso mesmo muitas possibilidades, ainda que os valores de uma sociedade sejam reflexo de seus comportamentos e atitudes.

Em um primeiro momento, pode-se optar por uma instituição confessional ou não confessional, ou seja, que adote ou não valores cristãos. E em que consiste essa diferença?

Ao decidir por uma instituição confessional cristã, você não está optando apenas por uma escola comprometida com a formação acadêmica do indivíduo, que o prepara para alcançar sucesso no Enem e ser capaz de ingressar em um curso superior com o objetivo de alcançar sucesso profissional.

Nesse tipo de instituição, além do que foi citado, você sabe que a escola é comprometida com valores éticos, tais como solidariedade, honestidade, amizade, empatia, altruísmo e espiritualidade. A ação colaborativa à qual a pessoa será submetida em uma instituição cristã solidificará, criando bases para que ela aprenda a conviver e respeitar as diferenças.

Saber viver em sociedade parece uma obviedade, mas, se a escolha da instituição for errada, pode-se comprometer esse aprendizado. Por exemplo, exige-se hoje uma atitude sustentável, que precisa também ser trabalhada na escola. Também se cobra honestidade, que é fundamental para se trabalhar em grupo; empatia; solidariedade. Sem uma visão que privilegie o outro nas relações interpessoais, o indivíduo se fecha em si mesmo, impossibilitando o seu crescimento enquanto cidadão.

O que se escolhe ao optar por uma instituição de ensino

Ao escolher uma instituição de ensino para o seu filho, não se está determinando apenas o seu futuro acadêmico, mas o seu futuro profissional. Ao tomar essa importante decisão, abre-se a integralidade do ser humano. Essa escolha da instituição deve ser pensada e repensada, uma vez que ela terá relevante papel na formação de seu filho.

Dissemos que a sociedade atual é competitiva e, para se destacar nela, o indivíduo terá que mostrar características que o diferenciem das outras pessoas, ao mesmo tempo em que permitam que ele trabalhe em coletividade. Pode parecer um contrassenso isso, mas só com educação e valores na escola a pessoa será capaz de se sobressair e, ao mesmo tempo, manter o sentimento de pertencer àquele grupo.

A instituição de ensino de hoje tem que ser diferenciada e se preocupar com a integralidade do ser humano. Ensinar, por exemplo, língua portuguesa, ética, honestidade, ciências da natureza, empreendedorismo e solidariedade deve ter o mesmo peso, isto é, os conteúdos devem estar igualmente inseridos em sua grade de ensino.

Além disso, a instituição de ensino do seu filho tem que estar ao lado dele para ajudá-lo a desenvolver suas potencialidades e habilidades que serão determinantes em sua inserção social.

A pessoa inserida na sociedade expõe o que ela é e esse fato é revelador da formação à qual ela foi submetida. Se ela foi submetida a uma formação integral, terá mais facilidade de lidar com os conflitos que a sociedade moderna vai impor.

Por isso, pesquise e procure saber em quais pilares a instituição de ensino onde você deseja matricular seu filho se sustenta, em quais valores ela acredita e se isso vai ao encontro do que sua família espera. Afinal, educação e valores na escola devem caminhar lado a lado com a família.

Gostaria de receber mais artigos sobre esse tema? Assine a newsletter da Rede Batista de Educação e escolha o melhor para o seu filho! Nossas unidades estão em Belo Horizonte, Betim, Contagem, Ouro Branco e Uberlândia.