Do Batista para o mundo: ex-estudantes revelam segredos do sucesso em suas carreiras

Não existe fórmula exata para alcançar o sucesso. Os caminhos para chegar até lá são muitos e distintos. A única certeza é de que o percurso é árduo e exige qualidades como dedicação, perseverança e sabedoria, atreladas a uma educação de excelência. Atributos esses que seis ex-estudantes das unidades do Colégio Batista Mineiro têm em comum e que os fizeram obter êxito nas carreiras, seja no Brasil ou em outros países do mundo, conforme eles contam a seguir.

Valores e condutas

Lorena Nunes

Promover a justiça no sentido mais amplo da palavra. Com esse objetivo, Lorena Nunes ingressou no curso de Direito na Universidade Federal de Uberlândia. Desejo esse que pôde ser concretizado após concluir a graduação e ser aprovada no concurso da Defensoria Pública do Estado de Minas Gerais, onde atua há 11 anos.

Para a defensora pública, são os princípios aprendidos no Colégio Batista que têm feito muita diferença em sua vida profissional. “No Batista, recebi uma educação de qualidade primorosa. O ensino sempre foi realizado de forma responsável e com muito incentivo para que alcançássemos todo nosso potencial. (…) Mas, além do ensino das matérias pertencentes à grade curricular, posso afirmar que outro grande diferencial em minha formação foi o desenvolvimento de valores e condutas. No Colégio Batista, exercitávamos a empatia, a honestidade, a amizade, a compaixão. Hoje, em diversas situações profissionais e pessoais, vejo o quanto isso é importante”, destaca.

Educação de qualidade

João Pedro Resende

Fazer aquilo que ama e proporcionar que os outros também vivam de suas paixões. Esses foram os propósitos de João Pedro Resende ao fundar a Hotmart, em 2011, juntamente com um amigo. A empresa de tecnologia oferece uma plataforma que ajuda as pessoas a criarem e expandirem seus negócios digitais. Com bases no Brasil, Espanha, México, Colômbia e Holanda, a Hotmart é hoje líder em seu segmento.

O segredo do triunfo? “Considero que tive uma ótima educação na época em que estudei no Colégio Batista. Isso me permitiu entrar aos 17 anos para a faculdade de Computação. O fato de começar cedo a graduação foi importante porque me deu tempo de obter experiência até conseguir acertar a mão com a Hotmart. (…) Acredito que, para aqueles que não têm medo de trabalhar e de estudar, o mundo está cheio de oportunidades”, afirma.

Perseverança e disciplina

Ítalo do Valle

Graduado em Ciências Biológicas e mestre em Bioinformática pela Universidade Federal de Minas Gerais; doutor em Ciências Bioquímicas e Biotecnológicas pela Universidade de Bologna, na Itália; pesquisador pós-doutoral na Northeastern University, nos EUA. O currículo pertence ao nosso ex-estudante Ítalo Faria do Valle.

O jovem coleciona ainda importantes conquistas na carreira, como 15 publicações em periódicos internacionais, sendo três delas como autor principal, e mais de 120 citações. Para esse êxito, Ítalo conta que precisou de perseverança, valor aprendido no Batista. “O apoio dos professores e da equipe do Colégio me ajudou a manter a confiança nos momentos difíceis e a entender que o resultado do esforço e da disciplina nos estudos seria recompensado”, compartilha.

Formação de caráter

Alissa e Micaela Oliveira

“Ide por todo mundo e pregai o evangelho a toda criatura” (Marcos 16:15). Assim como diz o versículo, Alissa e Micaela Oliveira têm espalhado as boas novas de Jesus pelo mundo. As irmãs saíram do Brasil com o propósito de ter uma experiência missionária curta e logo foram tocadas. Hoje, as missionárias vivem na cidade de Lausanne (Suíça).

Alissa é graduada em Psicologia pela Universidade Federal de Uberlândia e faz parte da organização internacional Jovens com Uma Missão (Jocum). Segundo ela, estudar no Colégio Batista influenciou muito em sua escolha de seguir a Jesus. “Tenho boas lembranças de momentos em que ouvi Deus falar comigo ou tocando meu coração durante as orações e as aulas com o capelão. Obedecer a Deus é a melhor escolha que uma pessoa pode fazer. (…) Ver a vida de pessoas transformadas e ajudá-las a caminhar com Jesus é um privilégio”, relata.

Também pela Jocum, Micaela foi à Alemanha para uma escola de treinamento e discipulado. Desde então, ela serve a Deus por meio da instituição. Conforme a missionária, o Batista ajudou-a a permanecer no caminho de obediência ao Senhor. “A qualidade do ensino do Colégio ajudou a me preparar para o futuro. Porém, mais do que isso, os valores que o Batista carrega realmente auxiliaram na minha jornada. O respeito e a dedicação dos professores e funcionários foram modelos importantes para a formação do meu caráter”, acrescenta ela.

Ambiente de oportunidades

Samuel Silva

De Belo Horizonte a Brasília, de Brasília a Belo Horizonte. Assim é a agitada rotina profissional do nosso ex-estudante Samuel Silva, que se divide entre as múltiplas funções em sua produtora de vídeos, localizada na capital mineira, e o trabalho no Congresso Nacional.

Seu viés empreendedor sempre foi perceptível, e foi durante a faculdade de Publicidade e Propaganda que surgiu a ideia de montar a própria empresa. Bastou apenas uma câmera semiprofissional e um espaço vazio em casa para que nascesse a Silver Tape. Desde a época de Batista, Samuel gosta de inovar. “O Batista é um ambiente de liberdade e responsabilidade, permitindo que o aluno que quer ir além perceba e aproveite as oportunidades que a escola oferece. (…) Além disso, confiança, autonomia e outras virtudes do caráter são aplicadas na prática no Batista”, afirma.

Tags: