O sorriso não saía do rosto. Afinal, muitos passaram boa parte da vida dentro da nossa centenária instituição, o Colégio Batista Mineiro! Durante o culto de ação de graças, feito especialmente para as famílias que estudaram e trabalharam na escola, a emoção bateu forte. Hino do Colégio, chuva de prata, homenagens e, claro, muitos agradecimentos a Deus. Uma noite para ficar guardada na memória! Realizado no último dia 4 de agosto, esse foi mais um dos grandes momentos de celebração alusivos aos 100 anos do Colégio.

Ao todo, mais de 40 famílias – representando todas aquelas que contribuíram para a construção da trajetória da escola – foram homenageadas no Teatro Maddox, na unidade Floresta, com a entrega de placas e certificados. Durante a celebração, o Coro do Centenário e os músicos da Escola Batista de Música ministraram os louvores. Já o diretor da unidade do Colégio Batista Betim, pastor José Paulo, trouxe uma mensagem sobre a importância de dedicar-se aos relacionamentos, especialmente os familiares.

Emocionados, dois representantes das famílias que participaram do culto leram um texto em agradecimento a tudo que viveram no Colégio Batista. O sr. Alberto, da família Leite Fonseca, foi um deles. “São mais de 80 anos de história com o Colégio Batista. O primeiro membro da nossa família estudou e trabalhou no Colégio em 1934. Fiz uma pesquisa e vi que pelo menos 75 pessoas da nossa família estiveram no Batista desde aquela época. Escolhi também essa escola para os meus filhos por causa dos princípios ensinados aqui. Além disso, hoje tenho também quatro netos que estudam no Colégio. O fundador do Colégio, o Dr. Maddox, foi muito amigo do meu pai. Foi ele também quem batizou o meu avô. Essa é uma ligação forte que vem de um longo tempo”, recordou sr. Alberto.

Ele destacou ainda que o culto foi um tempo precioso para todos os familiares presentes. “Achei linda a festa e toda a minha família gostou muito também. Gostei de tudo, desde a entrada do teatro, que tem aquela escada iluminada. Na minha época, ainda não era assim… A palavra dada pelo pastor José Paulo também foi muito oportuna”, afirmou.

Durante a celebração, Carolina Muniz, professora e coordenadora da Capelania das Séries Finais da unidade Floresta, lembrou ainda como a contribuição de cada família ali representada deixou um legado imprescindível como base para as gerações seguintes. A estudante do 2º ano do Ensino Fundamental I, Isabela Rossi, de 7 anos, confirmou: “Obrigada a todas as famílias”, disse a pequenina, ao se referir às famílias que ajudaram a “escrever” essa história para que, hoje, ela também pudesse estudar no Colégio. E, para fechar com chave de ouro, não poderia faltar o hino do Colégio Batista, que foi cantado por todos e emocionou a muitos, em meio a uma chuva de prata.

Veja mais fotos das famílias que participaram do culto nos links:

http://bit.ly/cultopelasfamiliasCBM

http://bit.ly/cultopelasfamiliasCBM02

Tags: