Colégio Batista promove palestra em Sete Lagoas com Cris Poli, a apresentadora do Supernanny

Por muitos anos, Cris Poli foi conhecida como a Supernanny brasileira, comandando um programa de TV que ajudou inúmeras famílias a lidar com os desafios enfrentados na educação dos filhos. Autora de nove livros, ela foi a convidada do Colégio Batista Mineiro para ministrar a palestra “A arte de educar com amor e limites” nessa terça-feira, 8 de outubro, em Sete Lagoas. Com entrada gratuita mediante doação de 1kg de alimento não perecível, cerca de 500 pessoas assistam ao evento no auditório da Unifemm.

Durante a palestra, Cris Poli destacou que educação é vida, e é papel dos pais transmitir ensinamentos aos filhos. Para isso, afirmou que dois princípios são essenciais: amor e limites. Conforme explicou, limitar é restringir, mas também contentar-se. “Isso significa aceitar o limite e se agradar nele”, disse.

Já o amor é “afeição profunda de uma pessoa a outra”. E, para a educadora, não é amor que falta às famílias, mas, sim, manifestar esse amor para os filhos. “Abraçar, falar ‘eu te amo’, sentar com seu filho no chão, fazer carinho, participar das brincadeiras com ele… Tudo isso faz parte da transmissão desse amor que você sente por seus filhos. E, se você não está com vontade de fazer nada com seus filhos, peça para Deus preencher você do amor d’Ele. Busque mesmo isso em Deus, que Ele irá transbordar o amor em você, porque Ele tem o amor incondicional”, afirmou Cris Poli.

A educadora também abordou a importância de os pais passarem princípios como respeito, disciplina e organização durante a educação dos filhos. “Cada criança é uma criança, então, evite comparações entre os irmãos e procure desenvolver os talentos de cada um”, frisou, ao lembrar que é importante tratar os filhos como um “indivíduo” único e não como se fossem uma “massa” de pessoas.

Ao final, Cris Poli pediu que o público repetisse a frase “ensinamos um pouco pelo que falamos, mais pelo que fazemos e muito mais pelo que somos”, para enfatizar a responsabilidade que os pais têm de serem exemplos dentro de casa.

De acordo com o prof. Valseni Braga, diretor-geral da Rede Batista de Educação – da qual o Colégio Batista faz parte –, a escola precisa ser parceira das famílias. “E essa iniciativa do Colégio vem ao encontro disso, uma vez que traz uma especialista em educação e comportamento infantil que tem reconhecimento nacional pelo excelente trabalho desenvolvido ao longo de mais de 50 anos. A Cris Poli de fato contribuiu para a formação educacional de várias gerações, e essa ação deu oportunidade para que muitas outras famílias também pudessem usufruir desse conhecimento e aplicá-lo em seus lares”, afirma.

O evento faz parte do compromisso social do Colégio Batista Mineiro, que tem mais de 100 anos de história. Em vista disso, o alimentado arrecadado foi doado ao Hospital Nossa Senhora das Graças, de Sete Lagoas.

Colégio Batista Mineiro em Sete Lagoas
Em fevereiro de 2020, a cidade de Sete Lagoas será contemplada com uma unidade do Colégio Batista Mineiro. Com uma área de 5.870 m², a nova unidade atenderá do Maternal ao Ensino Médio. A estrutura contará com 18 salas de aula, dois laboratórios, biblioteca, duas quadras de esportes, auditório, área de lazer para as crianças e área verde, além do espaço destinado à equipe administrativa. No primeiro ano de trabalho, serão investidos em torno de R$ 1,5 milhão na nova estrutura, e a estimativa é atender cerca de 400 estudantes.

Tags: