Como criar um ambiente de estudos em casa para a criança

O espaço utilizado pela criança para estudar faz toda diferença para sua concentração e seu desempenho escolar. Por isso, é necessário estabelecer um ambiente de estudos adequado em casa. Afinal, ter um cantinho de estudo que estimule essas atividades é um incentivo importante para os pequenos.

Muitas famílias não têm uma mesa de estudos, seja por falta de espaço ou por não terem pensado nessa alternativa. Como consequência, os pequenos acabam não tendo um espaço específico para se concentrarem e acabam dividindo o local com seus familiares. Isso tem sido uma realidade em sua família? Se sim, agora é um ótimo momento para você criar este ambiente de estudos!

Para resolver essa questão, veja a seguir 7 dicas para criar o cantinho ideal de estudos do seu filho!

1. CONVIDE A CRIANÇA PARA PARTICIPAR DESTE MOMENTO

É importante que a criança se sinta parte do processo de construção do ambiente de estudos. Por isso, convide seu filho para ajudá-lo a escolher e a organizar o espaço em que será utilizado para os estudos dele. Faça com que este seja um momento de descontração em família, mas também aproveite para explicar ao seu filho o objetivo daquilo.

Essa medida pode fazer com que os pequenos se sintam participando de fato e associem os estudos a algo positivo e divertido. Assim, ficará mais fácil para os pequenos entenderem o motivo do espaço e se interessarem por ele.

2. ESCOLHA UM LOCAL ADEQUADO E SEM DISTRAÇÕES

É importante escolher um local da casa que não tenha nada que tire a atenção da criança. Acesso à TV e a aparelhos de som, além de outras distrações como, por exemplo, fluxo constante de pessoas podem acabar dispersando o aluno durante as atividades escolares.

Videogame, computador e telefone também são grandes inimigos da concentração. Por isso, deixe-os bem longe do espaço de estudo para manter o foco da criança nos estudos. A exceção, claro, é para os aplicativos de estudos e as plataformas digitais disponibilizadas pela escola e que possuem atividades para aprimorar os conhecimentos do seu filho.

É fundamental ainda que não haja muitos barulhos neste local, pois isso também pode tirar a atenção da criança no momento em que ela estiver estudando. Por isso, evite escolher um espaço próximo aos ambientes de convivência familiar como sala de estar ou em que sejam feitas muitas atividades que provocam ruídos como a cozinha. Sendo assim, verifique se em sua casa há um ambiente tranquilo para os estudos do seu filho e faça as adaptações necessárias para atingir este objetivo.

3. PRIORIZE A ILUMINAÇÃO NATURAL

Para leitura e escrita, a iluminação tem um papel fundamental! Por isso, dê preferência à luz natural, posicionando o local de estudo próximo à janela. Contudo, em caso de ambientes que não tenham esse recurso, a alternativa é investir em uma luminária de mesa para manter a saúde ocular de seu filho.

4. BUSQUE DEIXAR O AMBIENTE CONFORTÁVEL

Além de um ambiente tranquilo e com boa iluminação, o local precisa ser confortável. Sendo assim, é fundamental que a mesa e a cadeira tenham um tamanho adequado para o uso da criança.

Para isso, é importante ficar atento a alguns detalhes. Um deles é que a criança precisa conseguir apoiar os pés completamente no chão. Outro aspecto importante é que a escrivaninha ou a mesa utilizada para os estudos não pode ser nem muito alta e nem muito baixa. Tudo isso vai trazer conforto enquanto seu filho estiver estudando. Estantes, gavetas e prateleiras adequadamente organizadas também podem oferecer uma harmonização a mais a esse ambiente.

Depois de ajustar essas questões, dê liberdade para seu filho escolher como customizar o espaço. Afinal, nada mais incentivador do que ter um ambiente de estudos que é a cara dele. Neste caso, é preciso se atentar às cores! Para isso, ajude seu filho a selecionar cores mais apropriadas para este objetivo, a exemplo do alaranjado e do amarelo. Elas remetem à luz do sol e, consequentemente, fazem o organismo produzir serotonina – um hormônio que traz a sensação de bem-estar. Assim, a criança poderá se sentir mais estimulada para estudar, o que irá favorecer o seu aprendizado.

5. DISPONIBILIZE O MATERIAL NECESSÁRIO PARA OS ESTUDOS

Disponibilizar todo o material necessário para os estudos da criança é um passo esquecido muitas vezes. Afinal, na correria do dia a dia, os pais podem acabar não verificando quais ferramentas serão necessárias para que o filho faça as tarefas escolares em casa. Por isso, uma dica é sempre ver antes o que a criança vai precisar para realizar o Para Casa, os trabalhos e demais atividades da escola.

Além disso, lembre-se de deixar no espaço de estudo todo o material escolar do seu filho. Livros, apostilas, cadernos, estojo devem estar em um lugar acessível. Também deixe por perto livros e materiais de consulta, como o dicionário.

6. CRIE UMA ROTINA DE ESTUDOS

Crie uma rotina de estudos para a criança, estabeleça horários e busque cumpri-los. O ideal é manter os horários de estudos, incluindo a hora de acordar e as pausas. Nestes momentos, uma sugestão é deixar a criança ir para outros espaços da casa para que ela possa descansar um pouco e depois retomar os estudos.

Assim, com o tempo, aquele espaço será reconhecido como local de estudos pela criança. Da mesma forma que o seu filho se sente mais estimulado em uma sala de aula, é possível sentir esse mesmo efeito na sua casa.  Afinal de contas, essa é uma questão de treino e disciplina.

Além disso, incentive a organização do espaço sempre após uma atividade. Assim, é possível manter um cantinho sempre pronto para o aprendizado.

Gostou do nosso artigo sobre como criar um ambiente de estudos em casa para a criança? Então, veja também este vídeo sobre o hábito de estudo e como escolher um espaço adequado para isso faz toda diferença para a concentração e o rendimento do aluno!

Tags: